Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Imagens do homem na Lua são remasterizadas com ajuda de IA

“Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade”. Uma das frases mais famosas do mundo, desde o dia 20 de julho de 1969.

Nesta data, Michael Collins, Buzz Aldrin e Neil Armstrong pisavam a lua pela primeira vez e faziam história!

Estima-se que 3500 jornalistas fizeram a cobertura do lançamento do foguete Saturn V, com base no Cabo Canaveral, no estado da Flórida.

Os primeiros passos de Neil Armstrong sobre a Lua foram transmitidos ao vivo para cerca de seis milhões de telespectadores. É muita gente!

Agora, 51 anos depois, um outro grande passo foi dado, mas dessa vez para reviver esse grande momento.

Tudo porque, com a ajuda da inteligência artificial, o especialista em restauração de fotos e vídeos, conhecido como DutchSteamMachine, deu uma nova perspectiva a missão.

O Canal do Youtube publicou um vídeo inédito, no qual as imagens daquela época podem ser vistas de forma mais nítida.

Pela primeira vez, em uma taxa de 24 frames por segundos — proporção essa usada ainda hoje em filmes, podemos assistir o homem pisando na Lua.

Aquela imagem histórica, em que Neil fixa a bandeira dos EUA na Lua, agora pode ser vista de forma muito nítida e comprova, por A+B, a presença do homem na Lua!

Além da missão Apollo 11, o restaurador também usou o mesmo tratamento nas imagens das missões Apollo 15 (1971) e Apollo 16 (1972), com um resultado ainda mais impressionante de 60 quadros por segundo, quando os vídeos originais tinham apenas 12.

Você pode assistir tudo no Canal do Youtube, DutchSteamMachine.

0/100
Inscrever-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x