Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Conheça os princípios da Física presentes no dia a dia

Você pensou no quanto a Física faz parte do nosso dia a dia? Andar de bike, aparelhos eletrônicos, vídeo game e até mesmo ao ir a escola!

Para falar um pouco o assunto, o professor da Facens, José Carlos Vasques, separou 10 exemplos que você, com certeza, vai poder identificar aí de casa.

Mas, para começo de conversa, precisamos citar que a Ciência que envolve a Física tem papel fundamental no desenvolvimento social e filosófico que auxiliam na construção do conhecimento da humanidade.

O que isso significa? Que o maior objetivo da Física é fazer com que a sociedade entenda melhor tods fenômenos que acorrem nela, além de compartilhar o conhecimento!

Neste exato momento, por exemplo, olha só que legal: o ato de você poder ler esse texto envolve a luz que reflete na tela do seu computador e reflete as letras até chegar aos seus olhos, provocando inúmeros processos físicos e químicos para que o ambiente em que você está inserido seja melhor interpretado, vivenciado e até mesmo prazeroso!

Se você para pra pensar, a todo momento você está inserido no mundo da Física!

1. Smartfhones e Tablets

Os smartphones e tablets são como computadores. Extremamente portáteis, eles utilizam o princípio da propagação de ondas, especificamente as micro-ondas, e suas aplicações vão muito além da comunicação telefônica ou acesso à internet.

Esses dispositivos podem ser muito úteis para entender a física no nosso dia a dia, pois trazerem de fábrica uma variedade de sensores que medem grandezas físicas como o magnetômetro (campo magnético), luxímetro (intensidade luminosa), barômetro (pressão atmosférica), higrômetro (umidade do ar), GPS (posição) e sensor de proximidade, além dos facilmente reconhecíveis microfone e câmera fotográfica e de vídeo.

2. Carro em movimento

Quando você esta dentro de um carro em movimento, por exemplo, você percebe o deslocamento, velocidade e aceleração do veículo e como essas grandezas podem refletir no seu corpo. Esses são conceitos estudados na Mecânica.

3. Ar-condicionado

No ar-condicionado, a Termodinâmica é o campo da Física responsável pela troca do ar quente pelo ar frio em um ambiente em dias quentes ou vice-versa.

A tecnologia funciona como uma geladeira. Um fluído, chamado R-22, composto de cloro, carbono e flúor, que se torna gás a partir de 7ºC.

Por ser frio, é colocado para circular entre serpentinas, condensadores e evaporadores, absorvendo o calor que foi sugado do ambiente externo.

Mais especificamente, o ventilador suga o ar quente, passando pelo evaporador e, posteriormente, entra em contato com as serpentinas, que absorve o seu calor, tornando-o frio. E deixando assim o clima agradável no ambiente.

4. Garrafa térmica

As garrafas térmicas são compostas internamente por uma ampola de vidro com dupla parede espelhada, entre as quais existe vácuo.

Essa estrutura reduz a troca de calor entre o líquido e o meio externo, uma vez que, impede que a troca seja feita por irradiação (devido ao espelhamento), por convecção (devido ao vácuo) e por condução (vidro é um mal condutor térmico).

5. Roupas secando no varal

As roupas no varal secam mais rapidamente com a presença de vento, isso ocorre porque a água presente na roupa passam do estado líquido para o gasoso.

Com a presença do vento a velocidade do ar sobre a superfície da roupa produz uma menor pressão hidrodinâmica. E sendo assim, quanto menor a pressão, mais rápida é a mudança do estado líquido para o gasoso.

6. Consistência dos alimentos

Você já reparou que o pão fica duro de um dia para o outro, caso o mesmo não esteja guardado em um saco plástico, e a bolacha fica mole?

Isso acontece, devido a maciez do alimento ter relação direta com a quantidade de água presente em seu interior.

Ao colocar o pão dentro de uma sacola plástica que é um material impermeável, o mesmo impede a saída de água do pão pelo processo de evaporação.

Já bolacha fica mole porque sua massa é muito seca e, em contato com o ar, absorve a umidade, ou seja, ocorre o processo inverso.

Portanto sem uma proteção de plástico, a água evapora mais rapidamente no caso do pão, e será absorvido mais facilmente no caso da bolacha e, como consequência o pão fica duro.

E dai só vai dar pra comer o pão se for feito uma torradinha com margarina e orégano no forno e se você ainda quiser comer uma bolacha crocante deverá leva-la ao forno também.

7. Chama de uma vela

Os gases expelidos pelo pavio da vela durante a queima da mesma, ficam muito quentes e, por isso, acabam subindo por ficarem com menor densidade que o ar atmosférico.

Isso faz parte de um fenômeno físico chamado convecção, que é estudado pela Termodinâmica. Esse fenômeno é uma característica que ocorre em líquidos e gases.

Se a vela for colocada de cabeça para baixo, o processo continua a acontecer por convecção fazendo com que os gases quentes subam e a chama fique para cima, porem você poderá ter um problema onde a parafina que vai derreter irá cobrir o pavio e a chama poderá se apagar.

8. Óculos

Os óculos de grau, tema abordado pelo princípio da Óptica, são objetos muito comuns hoje em dia, e em alguns casos indispensáveis.

Servem para a correção de problemas da visão, tais como miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia.

Cada doença exige um tipo de lente diferente e o grau que a pessoa usa em cada olho, é maior se seu problema for mais sério quem poderá determinar qual é o grau certo para o seu problema é o oftalmologista.

Quanto ao tipo de existem quatro: A bifocal, a cilíndrica, a côncava e a convexa. E quanto aos modelos, cores, tamanhos e preços, tudo vai depender do seu gosto e bolso.

9. Lua e marés

A posição da Lua interfere nas marés devido à lei da gravitação universal proposta por Keppler que é um assunto abordado pelo Magnetismo.

A Terra atrai a Lua e a Lua atrai a Terra. Quando a Lua atrai a Terra, acontece a deformação das partes sólidas e líquidas do planeta.

Portanto, essa atração acaba interferindo nas marés, ou seja, maré baixa e maré alta. A importância das marés no cotidiano das pessoas que residem nas regiões costeiras é de grande relevância.

Trabalhadores da pesca e da navegação, em especial, guiam-se pelas previsões de movimento das águas oceânicas para realizar suas atividades.

As marés também têm sido utilizadas como fonte geradora de energia elétrica. Um dos modos de geração de energia funciona da seguinte maneira: gigantescos tanques são construídos para serem cheios com a água do mar na maré alta.

Quando a maré baixa, ou seja, a água sai do tanque, faz girar uma turbina ali contida, assim produzindo energia elétrica.

10. Controle remoto

A radiação eletromagnética assunto de Ondulatória, é o princípio utilizado nos controles remotos para controlar à distância equipamentos eletrônicos e assim proporcionar mais conforto.

Os controles emitem radiação na faixa do infravermelho com comprimento de onda entre 1 milímetro e 1 micrômetro.

Ao acionar um dos botões, o controle remoto emite pulsos longos e curtos que representam um código binário convertido pelo aparelho receptor.

Ao receber os sinais, o aparelho os decodifica e realiza a operação que foi solicitada, executando assim  a mudança desejada.

E aí, gostou das dicas? Compartilhe com os seus amigos!

Inscrever-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x