Skip to content Skip to sidebar Skip to footer
História e Mitologia em Game of Thrones

História e Mitologia em Game of Thrones

A série norte-americana Game of Thrones é um dos maiores sucessos da cultura pop há alguns anos. O enredo é baseado na série de livros “As Crônicas de Fogo e Gelo”, criada por George R.R. Martin, escritor e roteirista nascido nos Estados Unidos.

Autoria de DRI Facens

Um fato pouco divulgado são os elementos históricos que o próprio autor assumidamente incluiu à trama da série. Desde as intrigas entre as famílias até o mapa de Westeros (mundo em que a história acontece) inspirado em mapas reais, veja algumas referências que inspiraram o autor:

Disputa Stark X Lannister e a Guerra das Rosas (Reino Unido, século XV)

Segundo o próprio autor, a rivalidade entre as famílias Stark e Lannister foi adicionada à trama após se inspirar nas famílias York e Lancaster que foram responsáveis pelo início da Guerra das Rosas.

Guerra das Rosas

A Guerra das Rosas foi um conflito civil ocorrido no Reino Unido no século XV (1455 – 1485) que se originou a partir da disputa pelo trono entre as famílias York (que inspirou a família Stark) e Lancaster (que inspirou os Lannister).

Durante 30 anos, as famílias se alternaram no poder e muitas batalhas sangrentas foram travadas até que em 1485, o recém coroado Henrique Tudor, descendente da família Lancaster, se casou com Elizabeth de York. Assim, com ambas as famílias representadas no trono, a guerra se encerrou e iniciou-se a Era Tudor.

Além da rivalidade, alguns dos personagens do enredo também são inspirados em pessoas reais, como é o caso da rainha Cersei Lannister que é associada a Margarida de Anjou, que manipulou seu marido, o rei, e seu filho contra os York.

Mitologia Nórdica

Além de acontecimentos históricos, outra associação feita ao enredo da série é com a mitologia nórdica. Assim como a famosa frase “the winter is coming” na série prevê o confronto com o Rei da Noite e os Caminhantes Brancos, na mitologia nórdica o inverno rigoroso prevê o início de uma grande guerra: o Ragnarök.

Mitologia Nórdica

Outro detalhe é que em certo ponto da série Brandon Stark, filho mais novo da família, adquire poderes que lhe dão a habilidade de ver o passado e utilizar animais para se informar do que está acontecendo. Esta habilidade era muito associada a Odin pelos povos nórdicos, principalmente porque o Deus possuía dois corvos, Huginn (memória) e Muninn (pensamento), que o ajudavam a cuidar da terra dos homens.

Mais inspirações do enredo:

  • Os Dothraki, um povo nômade da série, são muito associados aos mongóis por serem guerreiro temíveis e pela destreza em guerrear montados a cavalo;
  • Alguns historiadores acreditam que a muralha que separa os “povos bárbaros” mencionados na série foi inspirada na Muralha de Adriano, criada pelos romanos no século II d.C.;
  • Os dragões, presentes na série, fazem parte da mitologia de diversos povos, em especial na China e Europa.

Para mais conteúdo como este, oportunidades internacionais e curiosidades culturais, nos siga no Instagram: @dri_facens.

Referências

https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/referencias-historicas-game-of-thrones.htm
http://jornalismojunior.com.br/as-historias-reais-por-tras-de-game-of-thrones/

Inscrever-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x